Velocidade.pt News 10 maneiras fáceis e eficazes de acelerar a conexão Wi-Fi

10 maneiras fáceis e eficazes de acelerar a conexão Wi-Fi

Internet lento e cobertura insuficiente do sinal Wi-Fi afetam a maioria das residências. Nossas 10 dicas, no entanto, ajudam a resolver esses problemas facilmente.

10 maneiras fáceis e eficazes de acelerar a conexão Wi-Fi

A maioria das residências atualmente não pode ficar sem uma conexão estável à internet. No entanto, muitas delas frequentemente enfrentam problemas com o Wi-Fi, que incluem tanto quedas quanto velocidades de conexão instáveis. 

Nem sempre o fornecedor de internet é o responsável pelas complicações, e é por isso que escrevemos um guia curto sobre maneiras de acelerar sua conexão Wi-Fi de forma fácil e eficaz em casa.

1. Foque na localização do roteador

Para uma cobertura de sinal Wi-Fi de qualidade, o aspecto mais importante é a localização correta do roteador. Idealmente, ele deve estar no centro da casa, o que nem sempre é possível nem suficiente. Os maiores inimigos do sinal Wi-Fi são obstáculos como paredes grossas, objetos metálicos ou eletrodomésticos.

Os distúrbios no sinal são frequentemente causados por micro-ondas, geladeiras, telefones sem fio ou babás eletrônicas. Banheiros ou aquários domésticos também costumam ser barreiras problemáticas.

Durante a colocação do roteador, siga estas regras:

  1. Coloque o roteador em um lugar elevado - certifique-se de que as antenas tenham espaço suficiente.

  2. Escolha um lugar no meio do apartamento ou casa, ou idealmente no centro do cômodo onde você mais se move e onde utiliza a conexão Wi-Fi.

  3. Não coloque o roteador perto de objetos que causam interferência, banheiros, cozinhas ou ao lado de paredes grossas.

  4. Se o roteador tiver antenas ajustáveis, tente direcioná-las para espalhar o sinal na direção desejada. A modificação é especialmente útil em casas de vários andares, onde uma antena deve ser ajustada horizontalmente e a outra verticalmente. Para cobrir cômodos maiores, é melhor configurar as antenas laterais horizontalmente.

2. Atualize o firmware do roteador

Para a velocidade da internet, o firmware do roteador também é importante. Os parâmetros e requisitos na área de conexão à internet mudam, e por isso é necessária uma atualização regular. Esta também serve para corrigir pequenos defeitos, melhorar a segurança e aumentar a velocidade da conexão. Se você possui um modem e roteador fornecidos pelo provedor, geralmente ele se encarregará da atualização do firmware.

Se você comprou seu próprio roteador, definitivamente vale a pena verificar as atualizações disponíveis, que ajudarão você a alcançar a velocidade ideal da internet, ou pelo menos se aproximar dela. Basta fazer login na administração do roteador e procurar a seção de atualizações. A maioria dos roteadores já oferece atualizações automáticas, mas geralmente essa função precisa ser ativada nas configurações.

DICA: Se você quiser verificar se haverá uma melhoria no sinal, realize um teste de velocidade de internet antes da atualização usando nossa ferramenta. Após a atualização, execute uma medição de controle de velocidade e compare os valores medidos. Se o valor não for muito diferente, você pode seguir para as próximas etapas.

3. Experimente mudar o canal Wi-Fi

As maneiras de acelerar a internet são mais procuradas por pessoas que vivem em áreas densamente povoadas. A razão principal é o congestionamento nos canais usados ​​- este problema se refere principalmente à faixa de 2,4 GHz. Felizmente, a maioria dos roteadores modernos oferece a possibilidade de alterar manualmente o canal Wi-Fi. Na faixa de 2,4 GHz, existem 14 canais disponíveis e na faixa de 5 GHz, 45 canais.

Se você se encontrar em uma situação onde várias residências ao seu redor estão usando o mesmo canal, há uma alta probabilidade de que a velocidade da conexão seja reduzida. Em primeiro lugar, realize um teste de velocidade de internet e certifique-se de que não é apenas uma queda temporária. Se os problemas persistirem, você pode tentar mudar o canal.

Para encontrar canais livres, você pode usar ferramentas online, como Wi-Fi Analyzer ou inSSIDer, ou a diagnose diretamente no sistema operacional do seu dispositivo. 

No Windows, você pode acessar a lista de canais via PowerShell (insira o comando netsh wlan show networks mode=bssid). Imediatamente após, você obterá uma lista de redes e canais utilizados. Já no Mac, você pode usar apenas a diagnose de conexão sem fio. Após a análise, você obterá uma lista de canais disponíveis para conexão. 

Assim como na atualização, você terá que se conectar à administração do roteador e alterar o canal usado nas configurações.

4. Experimente a conexão via faixa de 5 GHz

A simples troca da faixa utilizada pode ajudar na velocidade da internet. A grande maioria dos roteadores já suporta a comutação entre as faixas de 2,4 GHz e 5 GHz. A faixa de 2,4 GHz oferece maior alcance, mas com pior estabilidade e menor velocidade. Ao contrário, a faixa de 5 GHz oferece uma conexão mais rápida e estável com um alcance mais curto. 

USO ADEQUADO TIPO DE FAIXA
2,4 GHz 5 GHz
  • Navegação na internet
  • Uso da conexão longe do roteador
  • Conexão para dispositivos antigos
  • Conexão de dispositivos de casa inteligente
  • Download de arquivos grandes
  • Streaming de filmes e música
  • Conexão de Smart TV
  • Jogos online
  • Conexão à internet em áreas densamente povoadas
  • Conexão de dispositivos próximos ao roteador

5. Conecte seus dispositivos ao roteador usando um cabo ethernet

Se a velocidade da conexão não for suficiente, conectar o dispositivo ao roteador usando um cabo ethernet pode ajudar. A internet será mais rápida e, principalmente, mais estável. Esta solução é ideal especialmente para atividades mais exigentes, como trabalho em PC ou jogos online. Pode-se conectar uma ampla gama de dispositivos, independente da distância do roteador. A única coisa que pode limitá-lo é o comprimento do cabo.

6. Certifique-se de que o problema não está no seu dispositivo

O problema também pode estar no seu dispositivo, que não consegue processar o sinal Wi-Fi adequadamente, diminuindo assim a velocidade da conexão. Verifique se tanto o software quanto os drivers do dispositivo estão atualizados e, se necessário, atualize-os. Em dispositivos muito antigos, nem mesmo as atualizações vão ajudar.

Esses dispositivos não fazem sentido ficar conectados, pois vão desacelerar ainda mais a rede. Alguns deles podem estar conectados sem que você perceba. O número de dispositivos conectados pode ser facilmente verificado e reduzido ao fazer login na administração do roteador. Se você tem problemas contínuos com a velocidade da internet, tente reduzir ao mínimo o número de dispositivos.

7. Use extensores de rede

Especialmente em casas mais antigas com paredes grossas, pode ser bastante difícil distribuir o Wi-Fi em todos os cômodos. Normalmente, um roteador comum não é suficiente, e será necessário investir em outros dispositivos. A solução mais barata é um extensor, que você simplesmente conecta à tomada e emparelha com o roteador. No entanto, a qualidade da conexão não será muito alta.

Uma maneira muito melhor de acelerar a internet é a compra de um Wi-Fi mesh. Este é composto por vários dispositivos na forma de satélites, que são distribuídos pela casa. Após serem ligados, eles criam uma rede invisível sobre a área escolhida. Em comparação com extensores, a conexão é mais rápida e estável. Os dispositivos conectados automaticamente alternam entre os satélites disponíveis.

8. Considere comprar um novo roteador

A tecnologia muda rapidamente, o que se reflete nos próprios dispositivos. Roteadores adquiridos há seis anos não podem ser comparados com os modelos atuais do mercado. Portanto, se você estiver tendo problemas com a velocidade do Wi-Fi e seu orçamento permitir, é recomendável investir em um dispositivo mais moderno. Roteadores de qualidade podem ser comprados a partir de 2.000 CZK.

Durante a escolha, certifique-se de que o roteador oferece:

  • Wi-Fi 6 – a versão mais recente do padrão Wi-Fi, que oferece maior velocidade, capacidade e eficiência. Em geral, é adequada para residências com vários dispositivos.
  • Dual Band – oferece comutação entre duas faixas. Pode-se encontrar também roteadores Tri-Band, que oferecem uma faixa adicional de 5 GHz.
  • WPA3 – a tecnologia de segurança mais avançada para roteadores. 
  • QoS – permite definir prioridades para dispositivos e aplicativos que têm acesso prioritário à conexão.

9. Reinicialização regular do roteador

A qualidade do sinal do roteador Wi-Fi pode ser melhorada com reinicializações regulares. Assim como outros dispositivos, o roteador também necessita de descanso de tempos em tempos para limpar sua memória e resolver pequenos erros de software que podem limitar a velocidade da internet.

Geralmente, é recomendado reiniciar o roteador aproximadamente uma vez por mês. Existem várias maneiras de fazer isso. A maioria dos modelos já possui um botão de reinicialização que deve ser pressionado por um momento. Depois, é possível desligar o roteador e desconectá-lo da rede elétrica por um tempo.

Particularmente com roteadores mais antigos, a reinicialização só é possível com o método mencionado anteriormente, que é desligar e ligar novamente o dispositivo. Para melhores resultados, é uma boa ideia desconectar a conexão Wi-Fi em todos os dispositivos e conectá-los novamente algum tempo após a reinicialização. A mesma abordagem deve ser adotada, de tempos em tempos, também com o modem.

10. Aumente o plano com seu provedor de internet

Se a velocidade atual da sua internet não é suficiente e nenhuma das soluções mencionadas funciona, vale a pena considerar a mudança de plano ou até mesmo do tipo de internet. Em primeiro lugar, meça a velocidade da conexão e veja se realmente está alcançando a velocidade do plano.

Se estiver, entre em contato com seu provedor e peça para aumentar a velocidade - caso contrário, confronte-o sobre não fornecer os serviços prometidos. No entanto, aumentar a velocidade pode não ser sempre possível, especialmente com internet sem fio ou ADSL. Por outro lado, alternativas mais rápidas como internet a cabo ou fibra óptica estão disponíveis apenas em áreas urbanas.

A baixa velocidade da internet e a cobertura insuficiente do Wi-Fi podem ter várias causas e soluções. Se você não quiser se aventurar na complicada configuração do roteador, na maioria dos casos, você pode se contentar com a reinicialização ou a compra de um extensor. Para um melhor controle das mudanças, você também pode utilizar nosso teste de velocidade da internet, que pode servir como ponto de partida ao negociar com o provedor.



Com certeza você já concordou com o uso de arquivos cookies em muitos sites. Mas você sabe para que realmente são usados e como funcionam? Escrevemos um artigo com as informações básicas sobre cookies.

A Internet das Coisas é um dos fenômenos atuais no campo da TI e internet. Leia como utilizar a Internet das Coisas (IoT) em sua casa e no que prestar atenção ao usá-la.

Quando você tem uma conexão rápida, mas a velocidade oscila significativamente, provavelmente há algo errado. Onde começar a procurar é a questão. Basicamente, a primeira coisa que você deve fazer é verificar se a conexão realmente oferece a velocidade que você contratou com o provedor no contrato. Muitos aplicativos em execução também podem causar problemas; é necessário verificar e deixar apenas aqueles que você realmente utiliza no momento. Depois, verifique a agregação e inspecione o roteador.

O uso de switches (comutadores de rede) é atualmente uma prerrogativa principalmente das redes empresariais, mas eles também têm seu lugar nas redes domésticas. No mercado, você encontrará switches em várias categorias de preço, que diferem em parâmetros e funções adicionais. Em quais parâmetros devemos prestar atenção e como escolher um novo switch? Exatamente essa questão será abordada nas linhas a seguir.

Com suas atualizações mais recentes de algoritmos e integração de IA, o Google está mais uma vez abalando a internet. Enquanto promete melhores resultados de pesquisa, muitos criadores de conteúdo estão preocupados com o futuro dos sites menores. A integração de IA é uma salvação ou um desastre? E como afetará a maneira como consumimos informações online?

Proteja seus dados na internet com nossas 9 regras de segurança online. Aprenda a criar uma senha forte, ativar a verificação em duas etapas e usar o internet banking de forma segura. Descubra por que é importante atualizar o software e por que você deve prestar atenção aos sites que visita. Com o nosso guia, você não será um alvo fácil para hackers.